12 de jul de 2010

E não há quem entenda
as coisas
que são feitas em determinados momentos


Todos os erros
e todos os acertos
tornam-se meros riscos
decorrentes do simples
e arisco acaso


Eu, em particular
não entendo algumas coisas que faço quando amo

mas mesmo assim faço.



E

mesmo assim
amo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário