6 de dez de 2010

Rosa Amarela


Dois anos da minha vida sem a pessoa mais incrivel que já conheci.

Ela sabia qdo ia chover pq as pernas doiam
Ela sabia quando o tempo ia mudar pelo canto das cigarras
Ela me dava mamadeira e chupeta escondido da minha mae aos meus 7 anos de idade
Fazia carinho no cabelo quando eu tava com dor de cabeça até eu durmir
Nas pernas quando eu tava cansada
Dona da melhor comida do mundo
Dos chás quando eu tinha gripe
Gostava de rosas amarelas...
Melhor companhia no mundo pra assistir Chaves
Acordava a hora que fosse pra ver Zezé di Camargo e Luciano na TV
Chorava quando eu colocava uns cantores antigos pra ela ver no youtube...
Pirava num jogo de futebol, de qualquer time, mas qdo era o corinthians...
Me passava calma e tranquilidade só por obeservá-la durmindo
Era sempre uma honra arrumar a cama pra ela deitar...
Dona de todas as minhas manias de criança
Das melhores barracas que eu já brinquei
Me assustava sempre que podia com histórias de fantasmas
Até se vestir de um uma vez...
Saudade é pouco, já chorei e parei de chorar algumas várias vezes enquanto escrevo isso...
Só que hoje,
hoje meu dia não deve ser triste só pelo fato de fazer 2 anos q eu recebi a notícia que nunca quis ouvir na minha vida: "A vó foi embora... "
Ela foi? Foi sim... tá longe dessa babilônia louca, respirando bem, linda com aqueles olhinhos azuis mais perfeitos do universo.. e a essa hora deve tá de alguma forma, mandando forças pra manter a gente de pé aqui. Pra gente se orientar... Sem essa força, não conseguiria sequer ter abraçado minha mãe hj de manhã e encarar o dia 06 de dezembro como um dia normal.
Mais um dia.


Oltre la vita
Perpetuo amore

2 comentários:

  1. Nossa..... quando eu leio teus poemas sobre sua nonna dá uma vontade de chorar.... muito lindo....

    "Saudades é o amor que fica..."

    Bjks, lindona!

    ResponderExcluir
  2. "A saudade é um estado de espírito bom, pois sempre procuramos resgatar os melhores momentos das nossas vidas. Não sinta saudades para sentir dor, sinta saudades para sorrir e aumentar as forças para continuar e persistir".

    ResponderExcluir