6 de jul de 2012

Esteja bem

Como se fosse ontem
Mas já há algum tempo
Foi embora de mim e só restou essa saudade
Sinto baita falta do seu cheirinho
Do seu carinho
Da sua risada gostosa e da boca torta quando mentia
Do jeito que fechava os olhos quando sorria
Da infância,
Do castelo, do reinado...
Das brigas, broncas, brinquedos improvisados
A falta que me faz
Faz a todos de quem partiu
Será que foi-se embora para onde?
Com quem será que está agora?
Quem será feliz de ter sua companhia
Ou sua luz
Sua presença...
Prefiro essas dúvidas que talvez nunca sejam sanadas
Do que pensar que o ciclo da vida termina no fim
Desculpe pelo egoísmo
E pela falta de maturidade
De te querer sempre por perto, de não dar sossego à sua partida
E por até hoje, às vezes, me colocar a lembrar
E por fraquejar
Deixando que transborde pelos olhos essa saudade angustiante

Faz falta rainha
Sempre fará.



Nenhum comentário:

Postar um comentário